Banner

Área de Serviço

Alterações no Cronograma da Coleta Seletiva

Alterações no Cronograma da Coleta...

Confira abaixo o novo cronograma da coleta seletiva de lixo:Segunda-feiraMaringá até Oscar Schick – FormosaMaringáJardim AlvoradaJardim... [More...]

Crônicas do TeleRonaldo
Qua, 16 de Abril de 2014 22:39


Há 3 anos escrevi uma entusiasmada matéria, cujo título era
"No Porto Verde as Ruas Possuem Asas...e Predadores também", que mais parecia um texto encomendado comercialmente. Mas era entusiasmo mesmo, pela possibilidade de ver nascer um bairro realmente de classe. O nome fantasia, "Porto Verde”, encantava os futuros compradores mas, em verdade, nada mais era que o conhecido Jardim Algarve. Uma jogada de marketing...

E as vendas foram volumosas. Um comprador ia contando "maravilhas" para os amigos e os amigos para outros amigos, causando um efeito multiplicador...

E, realmente, até "certo tempo" tudo corria às mil maravilhas. Servidores capinando todas as ruas e até segurança havia. Os moradores jamais diziam "morar no Jardim Algarve". Todos proclamavam residir no "Porto Verde", e ainda dizem (já sem muito orgulho), onde tem até delegacia de polícia (!)... E um Shopping Center... que não funciona... Mas, na realidade, o que ficou mesmo foi a última frase da matéria: “e predadores também...”

Dos últimos dois anos até os dias atuais, as reclamações são constantes.  E eu peço desculpas por ter feito um texto elogioso sobre as “maravilhas" de um bairro de “classe” ilusório... Especialmente a segurança, explorada em parte por empresas de “segurança” que zelam apenas pelas residências contratadas...

DESABAFO

Eis o descontentamento de alguns moradores para "Crônicas do TelleRonaldo, pois, como se sabe, a empresa está expandindo o "Porto Verde"... E vendendo cada vez mais terrenos... Sem a segurança e a infra-estrutura necessárias...

Mas os moradores insatisfeitos têm um caminho seguro a tomar: enviar suas acusações e prejuízos (especialmente a questão da segurança) para os jornais diários e o Portal do Jardim Algarve. E, também, queixar-se à Prefeitura, ao Procon e ao Ministério Público.

 

Alguns comentários por e-mail, devidamente datados:

JÉSSICA (e-mail de 22-3-2012, 11hm):

Nosso bairro está uma moradia de pura insegurança: todos os dias temos a notícia de que a casa de algum vizinho nosso foi assaltada, em plena luz do dia. O assaltante chega como se fosse o proprietário da residência, abre o portão, coloca o carro na garagem, carrega o mesmo e vai embora, tudo isso em plena luz do dia.Quando tomarão uma atitude sobre a nossa segurança???????

 

JONATHAS ( e-mail de 24-01-2013, às 15h05m):

Olá, amigos, concordo com os demais comentários sobre a insegurança que é crescente. mas falo de outro problema: a praça da rua Cento e Dois e Cento e Seis está tomada de mato  e   totalmente às escuras. Vamos fazer um vídeo e fotos e ligar para o “Diário Gaúcho” para ver se teremos algum resultado concreto. Abraço a todos...

 

ALINE ( e-mail de 11-6-2012, às 16:00h ):

Realmente, o que era um sonho está virando um pesadelo. Eu e o meu marido compramos o terreno lá pensando que iria ser calmo e tranqüilo. Mas todos os dias é uma vitória não ser assaltado! Pelo amor de Deus, né!!! Cadê a iluminação publica? É uma droga aquilo lá? Cadê o policiamento? Por favor, que vergonha!

 

PEDRO RANGEL ( e-mail de 04-06-2012, às 20h53m )

Oi, gostaria de sugerir matéria sobre os terrenos que estão abandonados, mato crescendo, bixos aos montes e agora também depósito de lixo e animais mortos, em especial o da rua Das Águias ao lado do nº 14. Já falei com o proprietário ( Maderocha) por 3 vezes e até agora sem solução.

Um abraço.

 

OSVALDO ÁVILA ( e-mail de 26-3-2012, às 15h12m )

Em 14/03/2012 em plena 11 e pouco da manhã arrombaram a casa do meu filho, que fica na mesma rua da delegacia de polícia. Fizeram uma limpa.

Á noite, 20 horas, meu filho retornou do trabalho e, encontrando a casa arrombada, foi à delegacia de polícia registrar ocorrência. A delegacia estava com as luzes desligadas e com cadeado no portão de acesso ao pátio. Alguém gritou do escuro, do prédio da delegacia: "Ei! Volta às nove, agora é hora da janta."

Posteriormente ficamos sabendo que no mesmo dia, 14/03, mais duas casas também foram arrombadas no Porto Verde.

E nossa bela polícia preocupada com o horário da janta...

 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner